Através de que janela você olha o mundo?

Suas crenças determinam como você vê o mundo e como se move pela vida.

Você já parou para pensar, já se perguntou, através de que janela você vê o mundo? É certo que toda realidade tem 360º, porém nós sempre a vemos através de um ângulo de vista próprio. Cada um de nós vê o mundo através de uma janela que é só nossa. Ninguém terá a mesma visão que nós. Essa janela, a forma como vemos e significamos o mundo e os acontecimentos depende de nossas vivências, de nossas experiências de vida, que deram origens às crenças nas quais acreditamos e regem nosso comportamento. O papel que eu assumo na vida vai estar diretamente relacionado com as minhas crenças. As nossas crenças são formadas não apenas pelas nossas vivências, mas também pela história de nossos pais, familiares e antepassados.

Você tem ideia quais são suas crenças a respeito das coisas importantes da sua vida? Qual a sua crença em relação ao mundo? Vê o mundo como um lugar perigoso, onde é necessário estar sempre alerta porque algo pode acontecer ou vê o mundo como um lugar tranquilo, seguro, onde você pode ficar descansado que nada de mal vai acontecer?

E em relação às pessoas, qual a sua crença? Acredita que a maioria das pessoas são boas e confiáveis e então permite se aproximar do outro ou o outro sempre representa uma ameaça até que o conheça bem?

Tome algum tempo e faça uma lista de suas crenças sobre alguns aspectos que julga importante para sua vida como por exemplo sobre amizade de pessoas do mesmo sexo, pessoas do sexo oposto, sobre dinheiro, sucesso, estudo, casamento, família, enfim, pense o que é importante para você neste momento e faça uma lista de 3 a 5 crenças sobre aquele assunto. Depois de listada as crenças, releia cada uma e analise qual o comportamento que é decorrente daquela crença. Conhece alguém que tenha um comportamento diferente sobre aquele assunto? Sabe qual é a crença dessa pessoa?

Esse exercício é um poderoso instrumento de autoconhecimento que você pode fazer sozinho a qualquer momento, quando quiser refletir sobre determinado assunto.

Nossas crenças vão determinar o papel que desempenhamos no mundo. Se eu acredito que o mundo é um lugar perigoso é natural que eu tenha medo, se acredito num mundo de escassez eu vou reter o que eu puder. No entanto, se eu acreditar num mundo de abundância eu vou crer que nada me faltará.

Agora que sabemos que nossas crenças determinam nossa visão de mundo e a forma de eu estar nele, a pergunta mais importante é: estou satisfeito com o meu mundo, com a forma de eu estar nele? Se a resposta for afirmativa ótimo, mas se você não está satisfeito é hora de rever suas crenças. Não necessitamos manter as crenças dos nossos antepassados para pertencer à nossa família. As crenças podem ter siso úteis para eles, mas não necessariamente são úteis para você.

Agradeça a eles o que eles fizeram antes de você, mas escolha ser você e fazer o melhor por você neste momento.

Com amor,

Lena.

Aqui fica o conteúdo do Post...


Aceita HTML, portanto você pode montar o conteúdo do jeito que quiser!!!